COLÔNIA REGENERAÇÃO

20009277
Localiza-se nas proximidades de Goiânia, seguindo em direção a Brasília, envolvendo Anápolis, Pirenópolis, Luziânia até Formosa, em Goiás.
Apresenta características de uma cidade planejada. Amplas avenidas com canteiros centrais e árvores bem cuidadas, medianas e quase todas floridas.
Muita movimentação.
Seus setores de atendimento vão desde os primeiros socorros, nos quais estão as construções hospitalares, até faculdades, onde os cursos ministrados visam à educação regeneradora do espírito.
A Colônia, porém, não visa `à regeneração moral do espírito apenas. Também trabalha ( e muito ) na recuperação de espíritos mutilados no perispírito, área que envolve muitos setores de atendimento: tratamento fluídico concentrado, terapias, academias, esportes, tudo isso, com uma contínua conscientização de renovação interior.
As salas de tratamento fluídico apresentam variedades de cores, e os espíritos assistidos permanecem ali, por tempo determinado, sob os cuidados dos assistentes.
Após a alta desse tratamento, eles passam para as terapias, onde iniciam, novamente, o aprendizado dos movimentos em dificuldade, daí para a academia e outros mais.
Há uma aparelhagem variada. Torna-se difícil descrevê-la, porque vão desde as conhecidas na terra, até outras ainda estranhas. A de reconstituição de membros foi uma das que mais me chamaram a atenção.
A falange espiritual que atende os encarnados, em nome dessa Colônia, atua nos hospitais de reabilitação, na terra, os quais são os pontos-alvos desse socorro.
Não se vê ociosidade em nenhum lugar da Colônia.Todos trabalham, especificamente ou em assistência fraterna, ajudando um ao outro.
Existe a parte residencial da Colônia, que parece um condomínio, com casas pequenas. São construções comuns, mas tudo em harmonia.
A Colônia também mantém um departamento mais conturbado, onde são assistidos os que ainda não aceitam regenerar-se perispiritual ou moralmente e que são respeitados no seu livre arbítrio, muito embora sejam amparados, ainda que não o saibam.
Nesse setor, o ambiente é triste, apresenta aspecto de um entardecer sombrio e odor desagradável. Mesmo assim, os vigilantes do Cristo, servidores fraternos e amigos, estão entre eles, aguardando a mudança vibratória dos próprios espíritos socorridos e a sua permissão, para levá-los de volta à vida plena, no caminho regenerador.
Como todas as Colônias de atendimento aos primeiros-socorros espirituais, essa Colônia também presta sua contribuição a todos os espíritos que são encaminhados até ela.
Para se entender o processo espiritual da recuperação, é preciso meditar sobre as leis naturais, que estão presentes em tudo.
Por exemplo: diante do setor de recuperação da Colônia, fiquei surpresa, ao ver espíritos ainda paralíticos, no que fui esclarecida: o espírito é sempre essência; os seus instrumentos de manifestação, como o corpo e o perispírito, não.
Se o corpo, por um processo cármico, fica paralítico por muito tempo, o perispírito também pode ficar, porque está entranhado, célula por célula, ao corpo. Após a morte do corpo, o perispírito necessita também de tratamento recuperador dos próprios movimentos, na grande maioria dos casos.
No caso de amputação de membros, o perispírito, embora não seja amputado, perde o domínio do movimento, devendo ser reanimado na sua flexibilidade.
É complexo.

Postado por Vânia Arantes Damo no site de mesmo nome

download

RECOMENDAMOS

COLÔNIA ESPIRITUAL ARRUANDA

COLONIA ESPIRITUAL PORTO DA PAZ

COLONIAS – FRATERNIDADE FILHOS DO SOL

COLONIA ESPIRITUAL DAS FLORES

COLONIA PORTO DA PAZ

RESUMO DO LIVRO NOSSO LAR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s