COLÔNIA ESPIRITUAL DO MOSCOSO

MOSCOSO
Situada na parte centro-leste do Espírito Santo.
Envolve a área que abrange Vitória, Vila Velha, Domingos Martins, Cariacica, Serra, Jacaraípe e Oceano Atlântico.
Tem o formato de um retângulo.
Tem características orientais, por ter sido fundada pelos ” Moscos “, povos que habitavam entre o Mar Negro e o Mar Cáspio, havia milhares de anos, e que vieram em migração espiritual para o psiquismo do Brasil.
Desenvolve amplo atendimento aos que são levados até ela, para o apoio da adaptação espiritual, na renovação de energias e entendimento do continuar da vida.
Apresenta belezas naturais, com distribuição padronizada de vegetação,árvores florestais,flores,água corrente, pequenos lagos, areia e mar.
Tem, como característica própria, o desenvolvimento de técnicas especiais, que auxiliam o espírito à autodescoberta, como essência divina.
Além das atividades desenvolvidas na Colônia, no atendimento espiritual, a que cada um faz jus, distribui equipes de tarefeiros, por toda parte, estimulando e concedendo apoio a toda tarefa que visa a educação da alma, no domínio de si mesma, ampliando os setores de autoconhecimento.
A Colônia é fonte inspiradora dos livros de auto-ajuda, oferecendo, com muito amor, o resultado de suas pesquisas e esforços trabalhados, visando a essa finalidade.
Na parte central da Colônia, ergue-se uma construção de ” estilo russo “, na qual estão congregados todos os programas de trabalhos de atendimento da Colônia, e, nas suas áreas de acesso público, muitos espíritos vão, em meditação, revendo fatos de sua vida, para reprogramá-los em outro estilo, com o qual formarão o seu ” projeto de vida “, visando à próxima reencarnação. Muitos dos assistidos na Colônia, depois, permanecem por lá, para também ajudarem outros que estão chegando, trazidos pelas equipes de socorro fraterno, e os que se interessam por aprendizado psíquico se dedicam a cursos e estudos, integrando novas equipes de trabalho e exercício mental.
Apresenta variações do dia e da noite, sendo a noite utilizada como ponto de reflexão da obscuridade que cada um traz dentro de si, na forma de imperfeições várias, e o nascer do dia é apreciado como símbolo do despertar do espírito para a luz, quando ele encontra a forma de vencer a si mesmo.
Essas ” cidades ” seriam núcleos comunitários e, no conjunto ( por suas afinidades ),
formam a Colônia.
Na visão espiritual, pude perceber que as Colônias ora estão, interligadas em nosso mundo material, em proximidade, ora se distanciam dele, alcançando maior altitude e formando, no mundo espiritual,uma verdadeira sequência de cidades, que constituem abrigo para os desencarnados.

( Retirada do Livro Moradas Espirituais – Visita a Vinte Colônias Espirituais – Coordenada pelo espírito Joaninha Darque – médium Vânia Arantes Damo )

VEJA TAMBÉM

OUTRAS COLONIAS ESPIRITUAIS

FRATERNIDADES ESPIRITUAIS

UM CONTO (VERDADEIRO) DE NATAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s